10659366_826343410769901_2796586204035670395_n - C__pia

A quarta edição do Prêmio PapoMix da Diversidade realizou uma grande viagem pela história da cultura LGBT(Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais) da cidade de São Paulo, com homenagens e performances especiais, o evento premiou profissionais divididos em 16 categorias. Realizado na noite da última quinta-feira, dia 7, no Teatro Sérgio Cardoso, a premiação contou com a apresentação de Leão Lobo e Anderson Azevedo (apresentador do PapoMix) e a participação de várias personalidades, como a apresentadora Marisa Carnicelli, o jornalista Fernando Oliveira (Fefito), os atores Dionisio Neto e Jeyne Stakflett, entre outros.

Considerada a grande festa da diversidade, por reunir, em uma única premiação, vários segmentos da comunidade LGBT, o evento busca reconhecimento aos talentos da diversidade que tanto fazem com sua militância artística, trazendo respeito, alcançando as massas, distribuindo e arrancando elogios e com isso quebrando. É a arte sendo usada como arma no combate da homofobia e do preconceito.

Destaque para a homenagem prestada ao ator Sérgio Mamberti que relembrou no palco grandes momentos da carreira, como a interpretação de personagens gays, o mordomo Eugênio na novela Vale Tudo (1988) e no filme O Bandido da Luz Vermelha (1969), além disso falou sobre o trabalho em prol da Diversidade.

“Quando trabalhei no Ministerio da Cultura eu participei da criação da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural, onde o primeiro tema que nos abordamos foi justamente a Diversidade Sexual, nos tivemos promovendo Parada em cidades de 22 mil habitantes em todo Brasil, tivemos participando ativamente da luta dessa comunidade, dessa cidadania cultural que é o movimento LGBT. Certamente hoje tem uma expressão enorme, na vida brasileira e ao mesmo tempo enfrenta problemas com a homofobia e o preconceito com cabeça erguida e lutando bravamente para que todos possam ter os direitos respeitados. Isso faz parte da luta da minha vida, para agente construir uma sociedade saudável e bonita é fundamental agente estar nessa luta, não podemos esmorecer!”

A empresária Elisa Mascaro foi homenageada por sua atuação,  durante 45 anos foi proprietárias das principais casas noturnas de São Paulo, como a K-7, o Medieval e a Corintho, onde eram realizados grandes espetáculos, com a presença de transformistas e que viraram sinônimo de cultura LGBT e até hoje é referencia.’

O Produtor Darbi Daniel, grande figura do segmente LGBT, também foi agraciado com o Troféu Papomix pelo trabalho desenvolvido em prol dos artistas da noite.  “Não sei como definir o Darbi, ele é a pessoa mais maluca que conheço no meio LGBT e o mesmo tempo mais querida e mais amada, isso eu digo passando pelo Silvio Santos ao Ratinho e por mim, por todo mundo, acho que não existe quem não o ama” exaltou Leão Lobo ao anunciar a homenagem. Darbi Daniel foi quem apresentou o mundo gay ao apresentou Silvio Santos é responsável por levar os artistas para participar dos concursos de transformistas realizados nos anos 80 no programa Show de Calouros no SBT. Até hoje é ele quem leva os artistas para participar dos programas TV como nas edições especiais de drag queem do Tobogã do Ratinho.

Finalizando aos homenagens, foram lembradas, por meio de imagens, várias artistas falecidas que emprestaram a sua arte pela cultura LGBT, como Pandora Boat, Simplemesmente Nenê, Lenka Saad, Andréia di Maio e Maria Du Bairro. As drags humoristas Ioio Vieira de Carvalho e Victoria Principal reviveram no palco uma performance clássica que era realizada por essas estrelas, promovendo um grande momento de emoção e humor. Para representar todos esses talentos, Diana Pequeno, que encontrou nos shows da noite uma forma de vencer o preconceito e buscar respeito,  há mais de 40 anos se apresenta nas casas do centro de São Paulo, recebeu o Troféu PapoMix .

O prêmio é uma iniciativa do apresentador Anderson Azevedo, o repórter da Diversidade e do empresário Emerson Marcellino, presidente da ACPS (Associação Cultural da Pluralidade Sexual) ambos criadores do  PapoMix, programa de Tv exibido no site papomix.com.br, que nesse mês completa 8 anos.

A oraculista Sara Chukrar, em uma homenagem aos povos ciganos, pelo dia de Santa Sara a se comemorar no próximo dia 24, realizou uma performance especial, além da apresentação de  Suê Domingues, Tamires Alves, Cassio Pereira e Ikaro Kadosh em shows especiais. A produção da 4ª edição do Prêmio PapoMix da Diversidade foi de  Cláudio Medeiros, que expressou durante todo evento o propósito da premiação ser um evento realizado para a comunidade LGBT pela própria diversidade.

Confira abaixo a relação dos vencedores do Prêmio PapoMix da Diversidade 4ª edição:

DRAG SHOW:  Stefany Di Bourbon
PERFORMANCE SHOW: Ikaro Kadosh
LITERATURA LGBT:Orgias Literárias Da Tribo – Fabrício Viana e Aquele dia junto ao Mar – Karina Dias (Empatados)
CINEMA E VÍDEO LGBT:Do Lado de Fora – Alexandre Carvalho
CANTOR (a):Alex Marie (Rock It)
EVENTOS E MANIFESTAÇÃO CULTURAL: Agita Caetano Diversidade
GOGODANCERS:Lucas Alves Lino
DJ: Paulo Pringles
ATIVISTAS E MILITANTES:Adriana Silva (Parada GLBT)
ESPETÁCULO TEATRAL: Super Poderosas – Paradoxos
FESTAS: Friends Off
TALENTO TRANSEXUAL :Michelly Summer
TALENTO LESBICO: Anita Costa Prado (Quadrinista)
GESTOR PÚBLICO LGBT: Fernando Quaresma (Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo)
ICONE LGBT: Silvetty Montilla
REVELAÇÃO 2014: Paulinho Robinson (Festa Imperium)

Confira a galeria de fotos especialmente produzida por Gil Brunai

Redação PapoMix

Ver todas as mensagens

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram: @papomixoficial

  • pitaia
  • Lanamento livro silvettymontilla

INSCREVA-SE NO YOUTUBE