O prefeito Fernando Haddad (PT) vetou o projeto de lei 306/2015, do vereador Eduardo Tuma (PSDB) que criaria em 25 de dezembro de cada ano o Dia do Combate à Cristofobia. O projeto foi aprovado pela Câmara Municipal no dia 8 e precisaria da sanção do prefeito para virar lei. O dia passaria a constar do calendário oficial de eventos do Município de São Paulo. O veto foi publicado nesta sexta-feira (1º) no ‘Diário Oficial da Cidade de São Paulo”.

“O projeto em questão, na verdade, estimula a separação entre religiões cristãs e outras religiões, além da população LGBT, prestando desserviço aos esforços que o conjunto do Município de São Paulo tem feito em prol da convivência pacífica com a pluralidade democrática”, justifica Haddad no veto.

“É papel do Poder Público adotar providências de conscientização quanto ao combate à intolerânciareligiosa. Tanto é assim que consta do referido calendário, desde 2009, o ‘Dia de Combate à Intolerância Religiosa’, anualmente realizado em dia 21 de janeiro”.

“Dessa forma, a proposta aprovada não contribui para o avanço do diálogo mais fraterno entre cristãos, população LGBT e demais religiões, do mesmo modo que não prestigia a primazia dos direitos humanos consagrada na Constituição Federal de 1988.”

Haddad diz ainda que escolher o dia 25 de dezembro para o combate à Cristofobia ‘beira a blasfêmia”. “Ao pretender vitimizar e conferir uma espécie de deferência especial a grupo que, na realidade, é majoritáriona sociedade brasileira, o projeto demonstra a intenção de provocar os defensores dos direitos das minorias.”

Com informações do G1 – http://g1.globo.com/

Redação PapoMix

Ver todas as mensagens

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram: @TVPapoMix

  • Apaixonado por esse menino que apareceu no estacionamento do meuhellip
  • Tarde agradvel com o querido Lus Crispim lullyhair que emocionouhellip

INSCREVA-SE NO YOUTUBE

TV PAPOMIX