A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), inicia no próximo domingo (30) as atividades do Dia Mundial de Luta contra a Aids, lembrado em todo o mundo no dia 1° de dezembro. O objetivo é reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do HIV.

 

O Passeio Ciclístico pela Saúde e contra a Aids dará a largada com a concentração dos ciclistas, a partir das 9h30, em frente à Prefeitura de São Paulo e fará um trajeto de 5 Km pelo centro histórico da cidade, com chegada ao Vale do Anhangabaú, onde terá música e revoada de balões.

 

A iniciativa busca sensibilizar a população para a causa da Aids e o uso das ciclovias – projeto de mobilidade urbana SP400Km. O Instituto CicloBR e o Movimento CONVIVA são parceiros nesta ação.

 

Na segunda (01/12), o Programa Municipal de DST/Aids (PM DST/Aids) iniciará, entre 10h e 16h, a Campanha Fique Sabendo no Município com a oferta de testes rápidos de HIV, na Praça da República. A campanha também será realizada durante toda a semana nas diversas regiões da cidade, priorizando as áreas de concentração das populações-chave para a epidemia. “O objetivo da Campanha é orientar a população sobre a importância do sexo seguro e do diagnóstico precoce do HIV, que reduz os riscos da doença e melhora a qualidade de vida das pessoas vivendo com o HIV/Aids”, afirma a dra. Eliana Battagia Gutierrez, coordenadora do PM DST/Aids.

 

Dados da pesquisa sobre conhecimentos, atitudes e práticas relacionadas às DST/Aids, realizada pelo PM DST/Aids, apontam que apenas 35% dos paulistanos sexualmente ativos  já realizaram testes de HIV ao menos uma vez na vida, o que abre a oportunidade e o desafio de oferecer maior acesso ao teste. “O conhecimento do status sorológico é essencial para adoção de medidas que melhoram a qualidade de vida de quem tem o HIV e reduzem a transmissão do vírus para outras pessoas” explica a dra. Eliana Battaggia.

 

No dia o 03/12, o primeiro Centro de Testagem e Aconselhamento em DST/Aids do Estado de São Paulo, CTA Henfil, irá comemorar 25 anos de funcionamento com um encontro entre os que fizeram e ainda fazem  parte da história. Durante o evento será exibido o documentário “De gravata e unha vermelha”, da diretora Miriam Chnaiderman. O filme relata o jeito que cada protagonista encontra de se respeitar na construção do próprio corpo, pulverizando o binarismo de gênero. Atualmente, o CTA Henfil atende majoritariamente a população masculina. Entre os homens com sorologia positiva, cerca de 70% são Homens que Fazem Sexo com Homens (HSH) e 4% são profissionais do sexo.

 

O selo comemorativo dos 25 anos, que traz a assinatura original do quadrinista Henrique de Souza Filho, o Henfil, cedida pelo seu filho, Ivan Consenza de Souza, também será lançado nesta data. Para Gutierrez, o principal desafio na luta contra a epidemia é garantir a prevenção e a adesão ao tratamento, que aponta para a necessidade de integrar as ações desenvolvidas pelo Município com outros órgãos e a sociedade.

 

A testagem para o diagnóstico é gratuita e está disponível em todos os serviços de saúde, assim como a retirada de preservativos e a realização de testes para sífilis, hepatites B e C. Além disso, nestes locais, a população recebe orientação e tratamento para outras doenças sexualmente transmissíveis. Mais informações podem ser obtidas no site http://saude.prefeitura.sp.gov.br

 

Números

Desde o início da epidemia (1981) até 2013, foram 86.112 casos de Aids notificados no Município de São Paulo, sendo 62.060 (72,1%) no sexo masculino. A Taxa de Incidência (casos por 100 mil habitantes) passou de 24,4 em 2009 para 18,6 em 2013.

 

O número de óbitos por Aids, de 1981 até 2013, foi de 40.589. Destes, 30.899 (76,1% ), do sexo masculino. A taxa de mortalidade também teve queda de 9,1 em 2009 para 6,7 em 2013.

 

A epidemia na cidade de São Paulo é fortemente concentrada em HSH e está crescendo, principalmente, entre os jovens gays. Até outubro de 2014, foram realizados no Município de São Paulo, 504.799 testes para diagnóstico do HIV.

 

 

Serviço:

Passeio Ciclístico pela Saúde e contra a Aids
Data: 30 de novembro, a partir das 9h30
Concentração: em frente à Prefeitura – Viaduto do Chá, 15
Trajeto: Centro Histórico
Término: Vale do Anhangabaú

 

Campanha Fique Sabendo
Data: 01/12, das 10h às 16h
Local: Praça da República, no Centro

 

Redação PapoMix

Ver todas as mensagens

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram: @TVPapoMix

  • Momento super especial com vandinhaparanormal preparando novidades para o PapoMix
  • 1 2 3  gravandooooo com vandinhaparanormal

INSCREVA-SE NO YOUTUBE

TV PAPOMIX